A seleção das castas Galega e Cobrançosa é típica da região desde o século XVIII, que tem merecido, nos últimos séculos, a distinção dos melhores azeites do mundo.

O olival é cuidadosamente acompanhado todo ano, por pessoas especializadas, com equipamentos modernos, com análises contínuas ao solo, à terra e às folhas das oliveiras, para garantir continuamente a máxima qualidade da azeitona.

A rega, em cada oliveira, é ativada automaticamente por um sistema armazenado em cloud, que recebe continuamente os níveis de humidade e salinidade do solo, através de sensores, distribuídos por todos os setores do olival. A monitorização e controlo é feita em computador/smartphone com acesso à Internet.

A água pura provém dos rios subterrâneos a mais de 160 metros de profundidade, continuamente analisados, para garantir a melhor pureza da azeitona.